Carta de Fundação do Juntas! UFF

Carta de Fundação do Juntas! UFF

Nós, militantes dos Coletivos Juntas! RJ e Juntos! UFF, durante uma plenária remota datada no dia 07 de julho de 2021, decidimos fundar o núcleo do Juntas! voltado às demandas das mulheres e mulheridades na Universidade Federal Fluminense.

22 jul 2021, 18:23

No Brasil, a formação histórica de uma estrutura social desigual reflete, ainda hoje, na dificuldade de acesso e permanência dos brasileiros e brasileiras às instituições de ensino superior. Essa problemática, quando acrescida ao recorte da desigualdade de gênero, é ainda mais grave. Com muita luta feminista, conquistamos políticas de assistência estudantil e uma maior inclusão das mulheres no sistema de ensino. Hoje nós somos maioria nas universidades! Apesar disso, essas conquistas não representam a superação das desigualdades de gênero no Brasil. As mulheres que conseguem as condições materiais para ingressar no ensino superior ainda enfrentam desafios como a discriminação, a violência simbólica e a violência física. 

Por isso, é crucial que permaneçamos lutando pela justiça social e por nossos direitos dentro das instituições públicas de ensino, como a Universidade Federal Fluminense. A UFF – que passa por uma crise resultante dos sucessivos cortes de verbas no contexto da pandemia da Covid-19 – carece de uma organização coletiva de mulheres que pautem melhorias infraestruturais direcionadas à luta feminista. Afinal, é da universidade que parte a possibilidade de mudança social, política, econômica e cultural rumo a um mundo mais igualitário e a possibilidade de emancipação aos que ocupam a base da pirâmide social brasileira.

Diante disso e da crise ocasionada pela péssima gestão social e sanitária do Governo Bolsonaro, nós, militantes dos Coletivos Juntas! RJ e Juntos! UFF, durante uma plenária remota datada no dia 07 de julho de 2021, decidimos fundar o núcleo do Juntas! voltado às demandas das mulheres e mulheridades na Universidade Federal Fluminense. O Juntas! é um coletivo feminista, anticapitalista e antirracista. Reiteramos, portanto, a relevância de uma luta interseccional que combata conjugadamente as opressões de etnia, raça, classe, opressão contra a comunidade LGBTQIA+ e opressão contra as pessoas com deficiência, com o combate às opressões de gênero. 

Acreditamos na construção de uma realidade econômica, política e social baseada em solidariedade, justiça social e equidade e entendemos que as mulheres estão à frente dessa mobilização. Em concordância, lutaremos para que a universidade pública cumpra seu dever e seja um ambiente mais inclusivo, mais democrático e mais justo. Além disso, comprometemo-nos a fiscalizar e debater as políticas públicas municipais, estaduais e nacionais, com enfoque nas cidades que sediam a nossa universidade, a fim de propor iniciativas para o poder público e para nosso movimento de mulheres. Nosso objetivo, portanto, é construir campanhas; integrar as mulheres da UFF em espaços de formação feminista; lutar pela acessibilidade e segurança da infraestrutura universitária; fomentar a construção de currículos antissexistas; combater o assédio e a violência sexual na universidade; defender a política de cotas, bolsas acadêmicas e ações afirmativas; fomentar a estruturação de espaços infantis; e, em geral, dar vazão e direcionamento às demais demandas das mulheres da UFF, amplificando a voz da luta feminista anticapitalista e antirracista. 

Tendo em vista a importância das universidades na construção de uma sociedade mais justa e igualitária, e ressaltando que estas também são construídas pelos alunxs, gostaríamos de convocar todo o corpo feminino da UFF para integrar o Juntas!, na certeza de seu reflexo na sociedade e consequente enfraquecimento do patriarcado – base fundante do capitalismo. Vamos Juntas! construir uma sociedade mais diversa e plural, livre do fardo de qualquer exclusão e ressentimento? 

“A luta das mulheres muda o mundo!” 


Pelo fim da violência de gênero no Paraná!

Exigências à prefeitura de Toledo no combate à violência contra a mulher.

Assine a petição

Parceiros

Entre em contato!

Política de privacidade

Mensagem enviada com sucesso!