Chega de estupro no mundo do futebol!
Agência Brasil

Chega de estupro no mundo do futebol!

Texto do Movimento Toda Poderosa Corinthiana comenta o caso envolvendo o jogador Daniel Alves.

Jogador Fulano é acusado de estupro. Tal frase já virou rotina quando se trata de jogadores de futebol brasileiros. Agora, o nome de fulano é Daniel Alves. E sem nenhuma surpresa, mais um dos atletas publicamente bolsonaristas.

O pior de tudo isso é que sempre há quem passe pano. Seja torcedor, seja a imprensa, o mau caratismo no Brasil vive livremente, defendendo criminosos e incriminando vítimas. Não a toa, mesmo em casos confirmadamente condenados, como o Robinho, a vítima sai, não só violentada, como desacreditada. Até quando?

Há quem diga que esse episódio estraga a carreira de Dani Alves e a encerra da pior maneira possível. E daí? Que tal falarmos sobre como ele estragou a vida de uma mulher, como violentou seu corpo e seu espaço? Não é sobre o futuro dele, mas sobre os direitos e a vida DELA!

Daniel Alves se contradisse em seus depoimentos, está preso e já teve seu contrato com o Pumas, do México, rescindido. Para crime, há punições. E assim deve ser. Lugar de estuprador é na cadeia.
São esses os tais homens de bem, defensores da família?


Inscrições para Reunião aberta “A luta contra a privatização dos presídios brasileiros”

Participe da reunião aberta do Juntas! sobre "A luta contra a privatização dos presídios brasileiros" no dia 13 de dezembro às 19h

Inscreva-se!

Parceiros

Entre em contato!

Política de privacidade

Mensagem enviada com sucesso!